Embasa recomenda inspeção e limpeza da caixa d´água para evitar a dengue

0
53

Equipamento básico utilizado para armazenar água tratada, a caixa d´água pode sair do papel de mocinho para o de vilão se não receber os cuidados necessários. Com o aumento dos índices de dengue, as boas condições deste reservatório, principalmente com uma tampa que deixe fechado o equipamento, é fundamental para evitar a proliferação do mosquito. Para afastar qualquer risco de criadouro da Aedes aegypti, a recomendação é manter a caixa d´água limpa e bem cuidada.

Thaís Vieira, superintendente de Serviços de Abastecimento de Água e Esgotamento Sanitário da Embasa na RMS, explica que a caixa d´água deve ser limpa a cada seis meses. “A atividade é simples e deve ser feita com escovas de aço, palha de aço, vassoura ou material similar, utilizando-se apenas água sanitária na proporção recomendada, e nunca utilizar detergente, removedores, sabão ou outros produtores químicos. É preciso lembrar que água limpa e parada é o ambiente ideal para a proliferação do mosquito”, afirma.

“Muitas vezes, as pessoas se esquecem da caixa d´água. Com o aumento dos casos de dengue, é fundamental fazer essa inspeção para saber se o equipamento, na superfície ou elevado, está devidamente fechado, evitando a entrada de insetos, sujeira e pequenos animais. Todos juntos podemos ajudar a prevenir a transmissão de doenças, como a dengue, e ter a segurança do consumo adequado da água tratada”, afirma Vieira.

Em caso de reservatórios domiciliares que ficam nas partes elevadas ou em local de difícil acesso do imóvel, os moradores precisam redobrar os cuidados com a segurança, diante do risco de queda. Assim, como em caixas de grande porte, como de condomínio, recomenda-se a contratação de profissionais ou empresas especializadas para executar o serviço. As orientações devem ser direcionadas também para quem usa tonéis ou quaisquer outros utensílios ou recipientes utilizados para guardar água, que devem ser mantidos fechados e limpos rotineiramente.

Plano de contingência – A Embasa integra o grupo articulado pelo Governo do Estado para discutir e implementar estratégias emergenciais na prevenção e combate à dengue, juntamente com as secretarias de Saúde (Sesab) e Superintendência de Proteção e Defesa Civil (Sudec). O Governo do Estado tem intensificou as ações durante a Semana de Mobilização e Combate ao Aedes Aegypti, entre 11 e 15 deste mês, com a vistoria e limpeza de áreas, incluindo os prédios públicos, mobilização de funcionários e conscientização da população em toda a Bahia.

Unidade de Comunicação Empresarial

Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa)

Aladim Locutor

Leave a reply