Escolas estaduais celebram o Dia Mundial do Meio Ambiente com uma série de atividades

0
160

Meio século depois de criado pela Organização das Nações Unidas (ONU), o Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado em 5 de junho, segue com a proposta de sensibilizar as pessoas sobre a importância da preservação dos recursos naturais e, ao mesmo tempo, desenvolver atitudes que contribuam para a solução dos problemas ambientais. Por meio de projetos e atividades interdisciplinares, o tema faz pare do currículo das escolas estaduais durante todo o ano letivo e, nesta semana, são intensificadas com uma programação especial, que inclui rodas de conversa, exposições, caminhadas ecológicas, plantio e distribuição de mudas, criação de hortas, palestras e exibição de filmes.

No Colégio Estadual Professor Rômulo Almeida, no bairro do Imbuí, em Salvador, a programação teve início na semana passada, com visitas ao Jardim Botânico de Salvador e a uma empresa especializada em esgotamento sanitário. Nesta segunda-feira (5), foi realizada uma roda de conversa com 600 estudantes sobre “Educação ambiental, escola sustentável e a construção da cidadania”, seguida do plantio de uma muda de Pau Brasil, no pátio do colégio, e da exibição do vídeo “Ilha das flores”, que trata da desigualdade social, dos hábitos de consumo e da geração de lixo, entre outras questões.

“O tema do meio ambiente integra o dia a dia da rotina escolar do colégio, que também oferece o curso técnico em Meio Ambiente. Temos uma parceria com o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (INEMA), onde os estudantes realizam estágio, complementando sua formação com o primeiro contato com o mercado de trabalho”, explica a coordenadora pedagógica do Rômulo, Cidéia da Silva.

Inclusão – Em outro ponto da cidade, no bairro da Ribeira, a chuva não impediu que professores, familiares e 35 estudantes da Educação Inclusiva do Colégio Estadual Vitor Soares realizassem a “Caminhada da sustentabilidade”. “É uma forma de fortalecermos e valorizarmos também a nossa instituição e a comunidade do entorno, que nos acolhe com tanto carinho”, afirma a coordenadora pedagógica, Tatiana Guerra.

No colégio – que funciona como um Centro de Apoio Pedagógico (CAP) -, a temática ambiental vem sendo abordada por meio de estímulos sensoriais e trabalhos manuais com objetos tais como papelão, plástico e vidro. Nesta segunda-feira, houve a exposição dos trabalhos desenvolvidos por eles, a exemplo das caixas coletoras de lixo, que passam a ser utilizadas pela escola.

Na sede da SEC, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), o tema também esteve em pauta com uma palestra da bióloga Elen Paz, do programa Recicle Já Bahia, da Secretaria Estadual de Administração (SAEB), sobre coleta seletiva. Dentre as atividades que ainda fazem parte da programação desta semana dedicada ao meio ambiente, se destaca também uma aula de campo, que acontecerá nesta quarta-feira (7), das 8h às 11h, no Parque Metropolitano do Abaeté, em Itapuã, com os estudantes do Colégio Estadual Governador Lomanto Júnior.

No interior, também foi organizada uma agenda em várias escolas. Está prevista, por exemplo, a caminhada ecológica “Seja verde”, do Colégio Estadual Senhor do Bonfim, em uma trilha na Serra do Gado Bravo com o objetivo de conhecer a biodiversidade e a história da comunidade local.

Aladim Locutor

Leave a reply