Governo do Estado dará incentivo financeiro para municípios que qualificarem serviço obstétrico

0
107

Com o objetivo de reduzir a mortalidade materna e infantil na Bahia, bem como fortalecer os serviços obstétricos municipais de modo a qualificar a atenção ao parto e nascimento, a secretária da Saúde do Estado da Bahia, Roberta Santana, finaliza os detalhes do programa que dará um incentivo financeiro às prefeituras que conseguirem fomentar o cuidado humanizado, seguro e em tempo oportuno às mulheres. O programa será lançado em breve pelo governador Jerônimo Rodrigues.

O Módulo de Atenção ao Parto e Nascimento é a primeira etapa do Plano de Atenção Hospitalar, que foi construído pela Sesab em colaboração com a Organização Panamericana de Saúde (OPAS), Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco) e Conselho dos Secretários Municipais de Saúde da Bahia (Cosems-BA).

Dentre os atributos para o sucesso do Módulo Parto e Nascimento, destacam-se os seguintes itens: pré-natal ajustado à demanda, com classificação de risco e seguimento apropriado e vinculação às Maternidades de Referência; grade de referência de Maternidades estabelecida segundo a vinculação, pela classificação de risco e recurso assistencial por macrorregião/região; regulação orientada por protocolos de classificação de risco, pela grade de recursos e acesso; educação permanente em saúde e matriciamento dos serviços em rede; e avaliação em rede.

Aladim Locutor

Leave a reply