Independência da Bahia: Fogo Simbólico do 2 de Julho chega em Lauro de Freitas

0
122

Estão abertas as comemorações do 2 de Julho, data em que se comemora a Independência da Bahia. Inclusa no roteiro da passagem do Fogo Simbólico, Neste domingo (30), Lauro de Freitas recebeu de Camaçari, a pira que representa a união dos povos para a conquista da libertação da Bahia e do Brasil. 

No Centro Administrativo de Lauro de Freitas (Calf), a tocha foi acesa em Mata de São João e percorreu as cidades de Dias D’Ávila, Camaçari, antes de chegar no município. A pira vai passar a noite em Lauro de Freitas para na manhã desta segunda-feira (1º), sair em direção a Simões Filho, onde a tocha será entregue das mãos da prefeita Moema Gramacho para Diógenes Tolentino, prefeito de Simões Filho. 

Em seguida, ápice das celebrações acontece na terça-feira (2), quando acontece a cerimônia cívica da chegada do Fogo Simbólico ao Largo de Pirajá, em Salvador. Pelo segundo ano consecutivo, a data marca um momento importante para os munícipes de Lauro de Freitas. 

A prefeita Moema Gramacho falou sobre as comemorações e classificou o momento como ímpar. “É muita honra não só para Lauro de Freitas, como para os outros municípios – Camaçari, Mata do São João e Dias D’Ávila – que fazem parte desse processo. Os historiadores fizeram um trabalho importantíssimo na inclusão dos municípios na luta da Independência da Bahia. Precisamos defender nossos direitos através da democracia. É o resgate da nossa história, que é um momento ímpar. Viva ao Dois de Julho!”, declarou a chefe de executivo.

Representando a Prefeitura de Camaçari, o secretário de governo, José Gama, saudou Lauro de Freitas e citou o quanto é importante manter a história da Bahia viva. “Eu saúdo aqui a co-irmã de Camaçari, que é Lauro de Freitas. E é com muita alegria representar Camaçari nesta data. Estamos revivendo, rememorando e transcrevendo a história da Bahia e do Brasil. Não podemos esquecer Ipitanga e Abrantes. É o enriquecimento da civilização de um povo”, destacou.

Membro da Academia de Letras e Artes de Lauro de Freitas, o historiador e professor Coriolando Oliveira, também marcou presença no evento. “É um reconhecimento de Santo Amaro de Ipitanga na luta pela Independência da Bahia. Levamos dois séculos para termos esse reconhecimento. E estamos oficialmente pelo segundo ano consecutivo celebrando esse momento importância para a história da Bahia e sobretudo de Lauro de Freitas”, frisou.

Texto – Neison Cerqueira

Foto – Wandaick Costa

SUPCOM PMLF – Superintendência de Comunicação de Lauro de Freitas

www.laurodefreitas.ba.gov.br

TEL.: (71) 3288-8371

Aladim Locutor

Leave a reply