PT Bahia e secretário-geral nacional do partido discutem estratégias para eleições municipais

0
264

Membros do Diretório Estadual do Partido dos Trabalhadores da Bahia se reuniram nesta quinta-feira, 09, com o secretário-geral nacional do PT, Henrique Fontana, em Salvador, para discutir estratégias para as eleições municipais. No encontro realizado na sede do Partido em Salvador, os dirigentes partidários do estado e da nacional destacaram a importância do fortalecimento das construções das candidaturas majoritárias e proporcionais para as eleições municipais com o objetivo de aumentar o número de municípios administrados pela legenda na Bahia.

Na reunião, os membros falaram sobre a importância de como avançar e traduzir a estratégia acertada para o próximo período por meio da ampliação e fortalecimento do diálogo com a militância, a população, os empresários e evangélicos, dentre outros. O secretário-geral nacional Henrique Fontana defendeu que esse diálogo seja realizado sobretudo no ambiente virtual, aproveitando o grande alcance das redes sociais. “Como é que nós vamos vencer a questão das narrativas? É uma coisa que quero muito enfatizar em todos os lugares onde eu for: todos nós temos que ser militantes de rede social. Nós temos que estar na base, na marcha, temos que ter o nosso comitê popular, temos que estar nos sindicatos – nós não abrimos mão de nada das coisas que sabemos fazer, só que a esquerda precisa ampliar a sua capacidade de fazer muita política na rede social”, disse.

Presidente do PT Bahia, Éden Valadares falou para o secretário-geral sobre a intenção de retomar o crescimento do número de cidades administradas pelo PT no estado, sobretudo os 50 maiores municípios baianos, a exemplo de Feira de Santana, Vitória da Conquista, onde considera que o partido tem força para avançar. “A eleição municipal não é definitiva para a eleição geral, mas serve para organizar a disputa para 2026. Nós queremos em 2024 reconquistar um tamanho maior do PT, ampliar ainda mais o número de vereadores, mas temos um desafio político de vencer nas grandes cidades”.

A prefeita do município de Lauro de Freitas e membra da Executiva Nacional, Moema Gramacho, defendeu uma maior aproximação do partido com as bases para o fortalecer as candidaturas municipais e, assim, ampliar o números de prefeituras para além das 32 atuais. Moema defendeu também que o processo de escolha da candidatura na capital baiana já seja iniciado. “Não dá para definir a candidatura de Salvador às vésperas da eleição. Temos que começar a preparar a candidatura para Salvador o mais rápido possível e constituir isso para, de fato, acontecer”.


Ascom PT Bahia
Foto: Divulgação

Aladim Locutor

Leave a reply