Rede estadual atinge marca de 700 mil matriculados e mobilização continua no Carnaval, afirma secretária da educação

0
227

“Quero aproveitar a maior festa do planeta para reforçar uma mensagem importante: as aulas da rede estadual já começaram, mas quem perdeu o prazo da matrícula ainda pode estudar em uma das nossas escolas em 2023. Nossa meta é garantir todo mundo na escola”. A declaração é da secretária estadual da Educação, Adélia Pinheiro, que divulgou, neste sábado de Carnaval, o número de matriculados. “Já temos 703.083 estudantes, mas podemos ter mais de 1 milhão e vamos trabalhar para ampliar o número atual”.

Após o período programado para matrículas on-line, o Governo do Estado deu início à busca ativa de estudantes nos 417 municípios do estado. “Em parceria com a UNICEF, estamos fazendo a Busca Ativa, mas todos podem fazer parte desta grande mobilização, que é permanente, ou seja o Carnaval também é tempo de falar de educação. A campanha continua”, afirmou a secretária Adélia Pinheiro, durante participação na Feijoada do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia, na tarde deste sábado (12), em Salvador, com a presença do governador Jerônimo Rodrigues, do vice-governador Geraldo Júnior e de outras secretárias e secretários de Estado.

As aulas retornam na próxima quinta-feira (23), e a matrícula poderá ser feita em qualquer escola da rede estadual de ensino. “Não tem burocracia. Pais, mães ou responsáveis pelos estudantes devem ir presencialmente à escola de sua preferência e garantir a matrícula”, pontuou Adélia, que projeta um ano de atividades escolares integradas com as famílias. “No último sábado, abrimos nossas unidades para o projeto ‘Encontro da Família com a Escola’. Acolhemos, dialogamos e apresentamos nossa estrutura e nossos projetos a cerca de 20 mil pais, mães e familiares em toda a Bahia. Em breve, lançaremos outro projeto, que abrirá as escolas aos sábados para a comunidade escolar, proporcionando atividades culturais, esportivas e alimentação. Teremos um ano especial, com a participação de todos que acreditam no poder transformador da educação”, concluiu.

Aladim Locutor

Leave a reply