Sesab promove Semana de Mobilização e combate ao Aedes aegypti a partir do dia 11

0
99

A Secretaria da Saúde do Estado, em parceria com segmentos de controle social e poderes públicos, promoverá entre os próximos dias 11 e 15, a Semana de Mobilização contra a dengue, com o objetivo de intensificar as ações de sensibilização e mobilização para a prevenção da dengue e combate ao mosquito Aedes aegypti. As atividades contemplarão os seguintes eixos: mobilização, com atividades em diversos pontos como feiras livres e metrô; educação em saúde, com campanha publicitária e atividades em comunidades, e assistência, com reforço à orientação sobre manejo clínico.

O momento é de união de esforços pois com cada um fazendo a sua parte, podemos conter o avanço da dengue, evitar os casos graves e óbitos, segundo técnicos do Centro de Operações de Emergências em Saúde Pública (COE) da Sesab. Os municípios, por sua vez, irão intensificar a limpeza urbana e quando necessário, o Estado autorizará o uso do fumacê, mas o importante é que todos se dediquem a cuidar de seus ambientes para evitar a presença do Aedes aegypti, transmissor da doença.

Dentro da programação da semana, no dia 12, nos diversos órgãos públicos estaduais, estão previstas atividades como a vistoria nos prédios públicos visando a eliminação de criadouros do mosquito; limpeza das áreas verdes adjacentes aos prédios públicos, e recolhimento de carros inservíveis abandonados em áreas públicas. Vale ressaltar que em 75% dos casos o mosquito transmissor da dengue está dentro das casas, em quintais, ralos e calhas, tonéis, caixas d’água, e vasos de plantas.

Governo presente

Diante de um cenário nacional desafiador, devido ao impacto das condições climáticas adversas e ao aumento exponencial dos casos de dengue, com registro, inclusive de óbitos e a circulação de novos sorotipos (2 e 3), que exigem uma atenção mais integrada, o governo do Estado contabiliza mais de R$ 19 milhões aplicados no combate à dengue, e  vem adotando inúmeras medidas, tais como a aquisição de novos carros de Ultra Baixo Volume, conhecido como fumacê,  a distribuição de aproximadamente 12 mil kits para os agentes de Combate às Endemias, apoio para intensificação dos mutirões de limpeza, com o auxílio das forças de segurança e emergência, além da utilização de agentes com bombas costais em diversas cidades, aquisição de medicamentos e insumos, e campanha publicitária e materiais informativos.

No que diz respeito ao apoio aos municípios, o Governo do Estado compartilhou atas de registro de preço para que eles adquiram medicamentos, insumos (soro, por exemplo) e bombas costais. Para mais informações sobre as ações de combate à dengue, clique aqui (https://www.saude.ba.gov.br/bahiacontradengue/) e acesse todas medidas de prevenção e controle para o combate ao mosquito na Bahia.

Aladim Locutor

Leave a reply