Estudantes da rede estadual de ensino são beneficiados com 148 mil tablets

0
66

Com o intuito de facilitar a construção de metodologias apropriadas para o contexto tecnológico e possibilitar a inclusão digital, a Secretaria da Educação do Estado (SEC) – através do Projeto Conectar para Educar – entregou, nesta segunda-feira (18), 148.804 tablets a estudantes do 2º ano do Ensino Médio de toda Bahia. O investimento foi de R$ 159.815.496. Em Ilhéus, no Sul da Bahia, o ato de entrega ocorreu no Colégio Estadual de Tempo Integral Professor Carlos Roberto Árleo Barbosa, com a presença da secretária da Educação do Estado, Adélia Pinheiro, além de professores, estudantes e gestores de sete escolas do município.

Os equipamentos, que já vêm com chips ativados e diversos aplicativos para estudos instalados, permitem aos estudantes conectividade; acesso a um formato híbrido de ensino; e possibilidades de criação e colaboração, além de acesso à informação de maneira flexível e conveniente, em tempo real. O tablet é de uso individual, pessoal e exclusivamente pedagógico, sob a orientação dos professores, razão pela qual há bloqueios para sites e aplicativos que não sejam pedagógicos ou indicados pelas áreas pedagógicas da SEC.

A secretária Adélia Pinheiro ressaltou a importância dessa tecnologia no processo de ensino e aprendizagem. “São equipamentos com conectividade que dispõem de aplicativos e aplicações já instaladas, todas elas de uso pedagógico e, também, professores qualificados para a utilização. A SEC coloca o Estado na vanguarda, em uma posição que é de adequação e cumprimento à legislação, que prevê educação digital na Educação Básica. Alcançamos, com essa segunda fase, quase 149 mil estudantes. Na fase seguinte, atenderemos as salas de aula para que os professores também tenham acesso e avancemos”.

Segundo o professor de Informática do colégio, Ramon Costa, a inserção dessa tecnologia vai trazer uma série de contribuições para atender as novas demandas da Base Nacional Comum Curricular (BNCC). “Teremos o estudante como protagonista no processo de aprendizagem, pois este recurso trará vários benefícios, como interação; acesso a recursos multimídia; integração com as tecnologias em nuvem; personalização do aprendizado; e metodologias adaptativas no contexto da realidade de cada aluno, que permitirão que eles desenvolvam novas habilidades necessárias no contexto do mundo do trabalho”.

A estudante Sofia Mel Lopes, 15, 2º ano do curso técnico em Informática integrado ao Ensino Médio, falou da importância dos tablets para o aprendizado. “Eu, filha, sobrinha e neta de professores da rede pública, me sinto privilegiada em ter acesso a esses recursos. Esses tablets vão mudar a perspectiva e a visão de mundo de muitos alunos. Essa iniciativa me faz pensar em como a educação baiana está evoluindo, formando cidadãos competentes e realmente interessados em mudar o Brasil para melhor, dando oportunidades, que muitas pessoas não tiveram, de aprender de forma criativa”.

Os aplicativos pedagógicos instalados nos tablets atendem os diferentes eixos do conhecimento: Matemática (Calculadora Gráfica, Geometria e Geogebra); Português e Libras (Dicio, FioLibras, Hand Talk, Jamboard e Google tradutor); Empreendedorismo (Canva, Escola Virtual Gov, Notas de Keep, Planilhas, Adobe Scan, Agenda, Documentos, Drive e Meet); Estratégias de Comunicação (Cap Cut, Câmera, Youtube e VLC); Outras Palavras (Duolingo e Google Tradutor); Conhecendo a Bahia (Maps e Google Earth); e Jogos Pedagógicos (Scratch e Kahoolt!).

Esta é a segunda etapa de entrega de tablets destinados às escolas da rede. Em 2023, os primeiros 5 mil equipamentos chegaram às unidades escolares baianas e foram utilizados com foco no Programa da Gestão da Aprendizagem. Outros equipamentos serão disponibilizados, ao longo deste ano, para atender novas demandas da rede estadual, como a implantação do Diário de Classe Digital, que permitirá melhor acompanhamento da vida escolar dos alunos e adoção de estratégia para melhorar seu desempenho.

Após o ato de entrega dos tablets, Adélia ainda visitou as seguintes unidades escolares de Ilhéus: Colégio Estadual de Salobrinho, Colégio Estadual Professor Fábio Araripe Goulart; Colégio Estadual Moyses Bohana; Colégio da Polícia Militar (CPM Rômulo Galvão); Centro Estadual de Educação Profissional em Gestão e Tecnologia da Informação Álvaro Melo Vieira; Centro Estadual de Educação Profissional do Chocolate Nelson Schaun; e Colégio Estadual do Iguape.

Aladim Locutor

Leave a reply