Lauro de Freitas avança no ranking de viabilidade para abertura de um novo negócio no município

0
32

Em Lauro de Freitas o tempo do pedido de viabilidade para abertura de um novo negócio é de menos de um dia. Quem certifica a agilidade do processo inicial de legalização de empresas no município é a Junta Comercial do Estado da Bahia (Juceb). De acordo com o órgão, em janeiro deste ano, Lauro de Freitas levou pouco mais de cinco dias (5,23) para realizar o processo de análise. Agora, a partir do mês de maio, o tempo reduziu para 0.82. 

Dentro do ranking de viabilidade pelo tempo da Juceb, que avalia o desempenho de todos os municípios do Estado da Bahia, Lauro de Freitas evoluiu da posição 104, em janeiro de 2022, para a colocação 40, em maio. O resultado positivo é fruto do trabalho capitaneado pelo vice-gabinete da Prefeitura Municipal, com a transversalidade de outras repartições gestoras. 

“Junto com as secretarias envolvidas, buscamos dar celeridade no serviço do pedido de viabilidade. Temos uma cidade que possui a sexta economia do Estado e que tem uma política de atração de negócios. Em março deste ano recebemos a visita técnica da Juceb, para nos ajudar a melhorar este trabalho. Hoje temos um serviço que consegue agilizar esse processo em menos de um dia, para todos que tem interesse em empreender em nosso município”, destacou Vidigal Cafezeiro, vice-prefeito de Lauro de Freitas. 

O pedido de viabilidade, que verifica a possibilidade do registro empresarial perante órgãos competentes, é o primeiro documento que um empreendedor deve ter. Em Lauro de Freitas, as secretarias envolvidas no processo são: Fazenda (SEFAZ), Planejamento, Desenvolvimento Urbano Sustentável e Ordenamento do Uso do Solo (SEDUR), Meio Ambiente, Saneamento e Recursos Hídricos (SEMARH), Trânsito, Transporte e Ordem Pública (SETTOP), além da Vigilância Sanitária (VISA). 

O titular da SEFAZ, Luiz Cláudio Guimarães, ressalta que a melhoria no serviço de viabilidade, com a abertura de mais empresas, significa mais geração de emprego e renda. “Quando o trabalho é feito de forma conjunta o resultado é eminente. Somos a terceira cidade melhor ranqueada, considerando o porte econômico do Estado, que mais tem agilidade no processo de viabilidade”, relatou. 

Em reunião realizada nesta quinta-feira (09), no Centro Administrativo de Lauro de Freitas, entre o vice-gabinete e secretarias envolvidas com o pedido de viabilidade, o coordenador executivo da SEDUR, Rafael de Brito, apontou que a Juceb ainda classifica Lauro de Freitas como o terceiro maior polo de abertura de novas empresas no mês de maio. 

Foto: Wandaick Costa e Lucas Lins

Aladim Locutor

Deixe uma resposta